Viagem a Budapeste

Budapeste é a capital e maior cidade da Hungria com 2 milhões de habitantes. A cidade é dividida em duas partes, separadas pelo Rio Danúbio: a parte de Buda com as suas colinas cheias de história e a parte plana de Peste mais movimentada. Eram duas cidades distintas mas fundiram-se em Budapeste em 1873. Esta cidade que já desempenhou papéis relevantes na história europeia é rica em monumentos, museus e arquitectura.

Budapeste

Vista de Budapeste

Na antiga cidade de Buda situa-se o imponente Palácio Real, construído no século XIV e reconstruído em estilo barroco 400 anos mais tarde. Este, foi a residência dos Reis húngaros durante 700 anos. Actualmente alberga os melhores museus da Hungria e a Biblioteca Nacional. Para quem procura uma das melhores vistas da cidade, o Bastião dos Pescadores é um miradouro monumental onde podemos sentir o rio e Peste aos nossos pés, incluindo a magnífica visão do Parlamento neo-gótico e a famosa Ponte Széchenyi.

A Basílica de São Estevão é mais um dos magníficos monumentos de Budapeste, é a maior igreja de Budapeste, construída em estilo neo-renascentista. O Parlamento da Hungria é talvez o mais famoso edifício da cidade, no seu estilo sumptuoso neo-gótico de grande dimensão. Caminhando pelo Andrássy Boulevard encontra-se lindas mansões dos séculos XIX e XX e também a Ópera de Budapeste.

O país tem uma rica história, que vale a pena ser vivenciada pelos visitantes. Budapeste é um caleidoscópio de uma diversidade cultural, combinando arte folclórica, tradições, belas paisagens, diversificada vida cultural e um jeito muito especial de se viver. Na verdade, a Hungria se orgulha de “ter um povo amistoso, de coração aberto, sempre receptivo aos visitantes”.

Costumes e Tradições Culturais

O povo húngaro divide os seus costumes de acordo com as estações do ano. No inverno são comemorados o Dia de São Nicolau ( 6 de Dezembro ) , o Natal e o Carnaval. Na primavera são comemorados os Kiszehajtás ( cerimonia de fim do inverno, onde uma boneca de palha é vestida de mulher. Desfilam com ela pelas ruas da aldeia e no fim jogam-na no rio ou no fogo. Esta figura representa a morte, ou o fim do inverno), Páscoa, Pentecostes e a Árvore de Maio.

Em 24 de Junho, no verão, comemora-se a Fogueira de Santo Estêvão. Em Setembro começam os eventos do Outono, com a Festa da Colheita, Festa da Vindima e o Dia da Bruxa Louca ( 13 de Dezembro ).

Natal em Budapeste

Os costumes populares nestas festas estão relacionados com ritos camponeses como a espera de uma boa colheita na próxima primavera e com os medos que seus cidadãos têm de bruxas, fantasmas e espíritos.

Nestes dias do ano começa nas aldeias a construção de uma cadeira muito especial na tradição do país. Trata-se da cadeira de Luca, que serve para reconhecer as supostas bruxas da aldeia, utilizando nove tipos diferentes de madeiras, e ficará pronta em 24 de Dezembro para a missa da meia-noite.

Segundo essa crença, aquele que constrói a cadeira, ao sentar-se nela durante a missa do Galo, passa a ser capaz de reconhecer as bruxas. Estas são as noites mais longas do ano, quando, segundo estes mitos populares, os fantasmas e as criaturas da noite rodeiam aqueles que os temem.

Budapeste, é famosa pela intensa actividade cultural, fruto do enorme investimento estatal nesta matéria que cria excelentes condições de trabalho para os vários artistas. Assim se compreende o elevado número de tantos artistas húngaros de renome internacional, como Béla Bartók, Zoltán Kodály ou Kálmán Mikszáth. Também é de salientar a Biblioteca Nacional Széchényi, fundada em Budapeste em 1802.

Diversão

Tanto para os mais jovens, como para os amantes de teatro ou até mesmo jazz, Budapeste dispõe de uma variedade de espaços dedicados à animação e entretenimento dos seus visitantes!

Palácio da Arte de Budapeste

O palácio é o principal palco da cidade para concertos e festivais de teatro. É uma atração obrigatória para todos os visitantes que chegam a Budapeste, não apenas pelas performances culturais, mas também pela arquitetura clássica. Orquestras do mundo todo se apresentam aqui.

Süss Fel Nap

Apropriadamente chamado de “nascer do sol”, esse bar é o favorito dos estudantes universitários nos fins de semana. Uma multidão dança ao som de punk e ritmos alternativos até o amanhecer. DJs e bandas tocam ao vivo.

 Fat Mo’s Music Club

Esse clube noturno está sempre lotado. Concertos de jazz começam às 21h – e a pista de dança é liberada a partir das 23h. A melhor noite é a de segunda-feira, com uma banda de jazz no melhor estilo das décadas de 1920 e 1930.

 Gypsy

O estilo musical é tocado em quase todos os restaurantes de Budapeste, principalmente nos mais turísticos. Grupos se apresentam ao vivo e mostram como se canta e dança o ritmo local.

A gastronomia de Budapeste é conhecida e apreciada, principalmente quando se fala dos doces, que tiram qualquer um do sério :)


 
Palácio real de Budapeste

Monumentos e Museus de ...

Budapeste é uma cidade rica em monumentos e tradições… Para os mais interessados, a Praça dos Heróis, o...
Palácio das Artes de Budapeste

Gastronomia de Budapest...

Em Budapeste come-se muito bem, a sua gastronomia é variada e incluem as carnes de caça como, javali, as famosas e...

Deixe um comentário