Viagem às Seychelles

A República das Seychelles compreende 115 ilhas que ocupam uma área de 455 km ² e uma Zona Económica Exclusiva de 1,4 milhões de km ² no oeste do Oceano Índico. As Seychelles são um arquipélago de beleza lendária que se  situa entre 480 km e 1600 km da costa leste de África. Destes 115 ilhas, 41 constituem as mais antigas ilhas de granito médio oceânico na terra.

Seychelles

Seychelles

Para quem precisa de se “alhear de tudo e de todos”, as Seychelles podem ser o destino ambicionado. Afinal, a característica mais importante das Seychelles é o seu isolamento.  As ilhas estão espalhadas por mais de 150.000 milhas quadradas (400.000 quilómetros quadrados) do Oceano Índico e variam de paisagem desde a rocha de granito,até às  ilhas com uma vegetação exuberante e lindíssimos corais que mal se erguem do mar. Este isolamento geográfico da Seychelles, manifesta-se em quase todos os aspectos da vida, a sua história tem sido relativamente tranquila, visto que as ilhas foram desabitadas até aos tempos modernos. Embora os Franceses e os Ingleses tenham mantido o controlo colonial até 1976, não houve nenhuma revolução sangrenta.

O isolamento geográfico das Seychelles também teve consequências ecológicas, tanto ao nível da  flora, como da fauna, permitindo assim a permanência de diversas espécies que não se encontram em nenhum outro lugar da Terra. A maioria dos visitantes são atraídos pelas maravilhosas praias, de águas turquesa cintilante que figuram o mar como um colar de pérolas requintadas. Os atóis de coral, são o lar de lagoas gigantes repletas de fauna marinha.

Ao contrário de muitas ilhas tropicais do mundo, as Seychelles não possuem qualquer cultura indígena, dado que as ilhas eram desprovidas de pessoas até aos colonizadores franceses se estabeleceram em 1700. No entanto, a cultura actual do país, reflecte os muitos grupos étnicos podendo identificar as Seychelles como uma “Home Sweet Home”.

Os escravos Africanos, que foram importados do continente, trouxeram a sua música, dança e religião. Na verdade, grande parte da música tradicional do país pode ser rastreada até as orações dos escravos, que foram transformadas e expressas em canções, acompanhadas pela dança. O mais conhecido, o “sombre moutia”, é uma dança lenta repetitiva e participativa, que também exibe um componente de Madagáscar, dada a sua proximidade a poucas centenas de quilómetros a sul.

Na cultura das Seychelles, outro traço que prevaleceu dos escravos é a crença em espíritos sobrenaturais. Mesmo entre a maioria da população católica, esses mágicos são reconhecidos por praticarem magias que assentam tanto em boa como má sorte. Embora o governo proibiu “feitiçaria” há sensivelmente cinquenta anos atrás, essas crenças permanecem fortes, assim como a presença de profissionais espíritos chamados Bonhommes e Bonfemmes. Estes sacerdotes e sacerdotisas inventam poções que são usados para trazer boa sorte ou amor para a população das Seychelles.

O idioma nas Seychelles é um marcador cultural. Embora a maioria das pessoas falem francês e/ou Inglês, o Francês Crioulo, conhecido localmente como Seselwa Kreol, é o idioma mais falado. Curiosamente, o crioulo falado nas Seychelles, é diferente do falado nas Ilhas Reunião, embora seja bastante semelhante ao crioulo das ilhas Maurícias. Nos últimos 20 anos, o crioulo tornou-se socialmente aceite e agora é editado em jornais bem como na literatura. Além disso, o governo criou recentemente uma escola de música e grupos de dança nacionais para promover a sua cultura.

A música local é uma mistura fascinante de estilos proveniente do Africano, europeu, indiano, chinês e árabe, combinando instrumentos europeus, como violinos, acordeões e banjos com outros instrumentos próprios, tais como tambores de pele Africano, e o makalapo. A gastronomia das Seychelles também é excêntrica, como crustáceos que nem existem por cá, como os pitorescos tektek.

Acabamos contrariando uma ideia que talvez tenhamos passamos no início – que as Seychelles são para quem se quer alhear de tudo e de todos e entregar-se à fruição da natureza, do mar e do sol. Na verdade, para quem quiser o contrário, há muito a visitar nas ilhas, são muitas as atracções nas Seychelles.


 
Tektek das Seychelles

Gastronomia das Seychel...

A cozinha das Seychelles é rica e variada, é uma fusão de cozinha francesa, Chinesa e Indiana, de onde fazem parte...
Seychelles

Atrações das Seychelles...

A maior riqueza de Seychelles é sem dúvida a sua paisagem natural, a fauna e flora que  oferece, apresentando...

Um comentário para Viagem às Seychelles

  1. Antonieta diz:

    Olá Viajar Barato, tudo bem?

    Adorei o blog! Gostaria de entrar em contato para lhe oferecer uma proposta interessante para o blog. Por favor, aguardo seu retorno.

    Grata, Antonieta.

Deixe um comentário