Kosiv e Kamianets-Podilskyi na Ucrânia

Kosiv é o coração do artesanato hutsul, e é também muito conhecida pelos famosos ovos da Páscoa. Kamianets-Podilskyi, é uma das cidades mais antigas da Ucrânia, foi proclamada Património Cultural da Humanidade tal é a sua riqueza patrimonial arquitetónica e histórica.

Castelo de Kamianets-Podilskyi na Ucrânia

Castelo de Kamianets-Podilskyi

Kosiv

Coração do artesanato hutsul, Kosiv conta com casas dos mestres da arte popular onde mãos qualificadas fazem nascer ovos de Páscoa (pysanka), onde se fabricam, roupas bordadas, coletes, chapéus, objectos de cerâmica, onde se processam metais e se fazem esculturas em madeira.

Kamianets-Podilskyi

Kamianets-Podilskyi é uma das cidades mais antigas da Ucrânia. Devido a combinação única do património arquitectónico e histórico e da paisagem do canion do rio Smotrich. Esta Cidade Velha foi proclamada património histórico-arquitetônica do Estado. A cidade foi fundada como uma fortaleza, que tem uma situação geopolítica muito importante na fronteira das culturas cristã e muçulmana. A quantidade de monumentos dos séc. XI-XIX inclui mais de 200 edifícios. As fortificações defensivas poderosas da “Cidade Velha”, a fortaleza e a sua ponte, com a combinação de edifícios religiosos de diferentes religiões deixam uma impressão inimitável.

Tendo em conta o rico património histórico e arquitectónico de Kamianets-Podilskyi, em Maio de 1994 foi incluído no Património Cultural da Humanidade (UNESCO).

A maior riqueza de Kamianets-Podilskyi é o centro histórico, quase totalmente preservado, sem inclusões de arquitectura do séc. XX. O principal monumento da cidade é uma antiga fortaleza, cujos primeiros edifícios pertencem ao séc. XI-XII e as fortificações principais aos séc. XVI-XVII.

As fortificações de Kamianets-Podilskyi são consideradas um excelente exemplo das melhores fortificações na Europa Oriental. As obras arquitectónicas e históricas preservadas são a Sé Catedral de São Pedro e São Paulo, o minarete turco, a Igreja Franciscana, a Câmara Municipal e a Igreja Arménia de São Nicolau.

A cidade de Ivano-Frankivsk foi fundada em 1662 por André Pototski, castelão de Cracóvia, pertencente a uma família de magnatas polaneses. A cidade foi fundada como uma fortaleza para se proteger contra ataques de tártaros da Criméia, e como uma base dos magnatas polonesas Pototski na região de Galícia. Em 1676-1677 sofreu o cerco de tropas turcas. Em 1706 foi roubada pelas tropas russas.

A Praça do Mercado e a Câmara Municipal, que foram modificadas ao longo dos tempo, estão preservado até hoje. O seu desenvolvimento urbano reflecte as ideias do barroco sobre a “cidade ideal”, encarnadas na planificação da parte central da cidade, nas suas ruas e templos. Devido à sua originalidade a cidade é por vezes chamada “pequena Lviv”. Nos séc. XVIII-XIX a cidade era um grande centro de comércio de Polónia.


 

Deixe um comentário