Kryvorivnya Yaremche e Maniava na Ucrânia

Kryvorivnya é uma vila de paisagem única, conhecida por “museu ao ar livre”, foi muito procurada por ilustres cidadãos famosos, tanto escritores como até o primeiro presidente da Ucrânia.

Mosteiro de Maniava na Ucrânia

Mosteiro de Maniava

Yaremche, uma das vilas mais conhecidas da região dos Cárpatos, aposta no mercado de produtos artesanais, procurando conquistar o visitante pela unicidade de cada lembrança. Maniava, vila fundada no séc. XVII, possui uma das cachoeiras mais belas e misteriosas da região dos Cárpatos. É em Maniava que está um mosteiro também do séc. XVII, tão antigo, que as suas pedras nos contam histórias fantásticas, de feitos de outros tempos…

Kryvorivnya

Kryvorivnya é uma das vilas mais antigas da região de Hutsúlshchina, também conhecida por “museu ao ar livre”. O caminho para a aldeia através de Bukovetsky é uma passagem a 835 m acima do nível do mar. Esta aldeia é conhecida principalmente como a residência da cultura ucraniana. Muitos escritores famosos viveram, trabalharam e procuraram inspiração em Kryvorivnya. Até Mykhailo Hrushevskyi – o primeiro presidente da Ucrânia tinha uma residência nesta aldeia. Nestes locais foram filmados muitos filmes.

Yaremche

Yaremche é o destino mais famoso dos Cárpatos ucranianos. Aqui podemos visitar a cachoeira Probiy com uma ponte de 20 metros de altura. No seu mercado de souvenirs hutsul, podem-se comprar lembranças tradicionais como a vyshyvanka, uma roupa tradicional ucraniana que contém elementos de bordados étnicos, chapéus nacionais, cintos, caixas de madeira para jóias, mantas de lã natural e lizhnyk ou chinelos quentes do mesmo material. Todos os produtos são feitos à mão através de técnicas antigas e em materiais naturais.

Maniava

Na vila de Maniava, fundada em 1611, fica um antigo mosteiro do séc. XVII. A viagem até uma das cachoeiras mais belas e misteriosas dos Cárpatos, a cachoeira de Maniava, permite conhecer um lugar incrível e histórico, uma garganta profunda entre penhascos íngremes, onde o sol parece muito raramente e não por muito tempo, na verdade, um lugar místico.

O mosteiro ortodoxo na vila de Maniava, conselho de Ivano-Frankivsk foi fundado em 1611 pelo Iov Knyahynytsky. Em 1991 continuou como o mosteiro masculino de Exaltação da Cruz da Igreja Ortodoxa Ucraniana de patriarcado de Kiev.

Em 1621 o mosteiro foi cercado por muros de pedra com três torres defensíveis, onde escondiam moradores de aldeias vizinhas durante os ataques dos turcos e dos tártaros e era um dos centros de Ortodoxia na região de Galízia com uma grande biblioteca. A “Pedra Abençoada” é um lugar de oração e purificação para os crentes e foi o local onde se instalaram os “primeiros apóstolos dos Cárpatos”. A Pedra parece uma gruta ou nicho de pedra, uma típica habitação antiga, uma ermida dos monges.

 


 

Deixe um comentário